Coerência topológica na visualização de dados volumétricos

When:
18 de junho de 2018 @ 16:00 – 18:00
2018-06-18T16:00:00-03:00
2018-06-18T18:00:00-03:00
Where:
Auditório Prof. Maria Luíza Correa, sexto andar, Bloco F, Campus Maracanã
UERJ - R. São Francisco Xavier
524 - Sala 1006 A - Maracanã, Rio de Janeiro - RJ, 20550-900
Brasil
Cost:
Free
Contact:
Cristiane Faria

Palestrante: Lis Custódio

Resumo
As isossuperfícies desempenham um importante papel na representação de dados volumétricos em vários campos da ciência. E para que os dados sejam corretamente interpretados é crucial que suas isossuperfícies sejam corretamente representadas.
O Marching Cubes, proposto por Lorensen e Cline em 1987, se destaca entre os algoritmos extratores de isosuperfícies por sua simplicidade e robustez. O algoritmo se tornou a principal ferramenta para extração de isosuperfícies e hoje está integrado à diversas ferramentas de visualização.

A adoção generalizada do Marching Cubes resultou em inúmeras melhorias em seu algoritmo ao longo dos anos em áreas como performance, qualidade da malha gerada, e coerência topológica. Este último tópico será o tema desta palestra. Abordarei as causas e as consequências da incoerência topológica na representação de dados volumétricos, e possíveis direções para a obtenção de um algoritmo de extração de isossuperfícies topologicamente correto.